• Investe Mais

Argentina pode regulamentar criptoativos com novo projeto de lei

A Argentina poderá ter uma regulamentação para criptoativos em breve. O deputado Ignacio Torres planeja apresentar ao parlamento argentino um projeto de lei nesse sentido.


A informação veio de duas fontes, Efraín Barraza e Alberto Vega. Barraza é gerente de operações da Athena Bitcoin na Argentina. Já Vega é CEO da Bithan, que colaborou no projeto e está procurando discutir uma estrutura legal para criptoativos na Argentina.


Segundo o portal iProUp, o texto do projeto será apresentado à Unidade de Informação Financeira. A previsão é que ele seja admitido na Câmara dos Deputados em até dois dias.


Argentina busca se inserir em discussão global

Ambos comentaram que seu interesse é conversar e debater sobre tecnologia de blockchain e criptomoedas na Argentina.


O objetivo é inserir o país na discussão mundial, uma vez que outros países já estão discutindo essas questões.

“Entendemos que o ecossistema, para crescer, não pode ficar fora da lei”, afirmou Bazarra.

Ele destacou a importância de usuários e investidores terem algum tipo de proteção.

“Se não houver regulamentação, o mercado estará sujeito a diversos tipos de golpes”, disse.

Por outro lado, Alberto Vega destacou a situação atual da Argentina. O país é um dos que mais utilizam Bitcoin na América do Sul, com quebras seguidas de recordes em volumes negociados.

“É importante levar em conta a situação atual da Argentina e como podemos obter os benefícios de ser um país pioneiro na criptoesfera”, disse.