• Investe Mais

Banco Central da França nomeia 8 parceiros para testes digitais do euro

Atualizado: 23 de Jul de 2020

O Banque de France escolheu oito participantes financeiros e de tecnologia como parceiros em potencial para testar os pedidos de seus acordos interbancários em moeda digital do banco central (CBDC).


Os parceiros nomeados são Accenture, Euroclear, HSBC, Iznes, LiquidShare, ProsperUS, SEBA Bank e Société Générale.


Notavelmente, o Banco Central francês já testou o euro digital em uma transação no mundo real com a Société Générale e agora está expandindo o mesmo com outros parceiros.

O anúncio detalhou que os experimentos com os candidatos escolhidos se concentrarão em três áreas – para explorar novos métodos de troca de instrumentos financeiros (excluindo criptoativos) por dinheiro do banco central; testar a regulamentação em moeda digital do banco central para melhorar as condições de execução dos pagamentos transfronteiriços; e revisitar os métodos de disponibilização de dinheiro do banco central.


Ainda não há uma linha do tempo específica


O regulador monetário detalhou que iniciará o trabalho com os parceiros nos “próximos dias” e realizará os experimentos nos “próximos meses”, sem fornecer datas específicas.

As lições aprendidas com estas experiências constituirão uma contribuição direta para a reflexão mais global liderada pelo Eurosistema sobre o interesse de uma CBDC, explicou o Banco Central.


“Nós do SEBA Bank estamos muito orgulhosos dessa conquista e a seleção do Banque de France nos honra. É uma prova de conceito de que nossa oferta de serviços e profundo conhecimento do setor são de grande valor e uma contribuição relevante para o desenvolvimento do ecossistema de moedas e ativos digitais”, disse Guido Bühler, CEO do SEBA Bank, em comunicado.