• Investe Mais

Bitcoin é negociado acima de US$ 11.600 e indicadores sugerem forte tendência de alta

O valor do Bitcoin chegou aos US$ 11.600 pela primeira vez nos últimos 12 meses, e segundo analistas, isso abre brecha por ativo bater os US$ 15.000. De fato, a principal criptomoeda presenciou um sentimento otimista do mercado, chegando a ser negociada por US$ 12.000 nas maiores exchanges do mundo.


O recente aumento trouxe bastantes interpretações positivas, de acordo com grandes nomes do cenário cripto internacional. Kyle Davis, co-fundador da Three Arrows Capital, acredita que este aumento é apenas o começo de uma escalada que deve chegar aos US$ 15.000. “O que é louco é que a mudança de fim de semana ainda nem começou. Quanta resistência existe entre US $ 12 e 15 mil?”.


O mais curioso é que ao observarmos o gráfico semanal do Bitcoin, podemos notar que existe uma falta de ação nesta faixa de preço. Assim, quando o Bitcoin ultrapassa os US$ 11.600 ele tende a registrar altas significativas. 


De fato, em 2017, duas semanas após a principal criptomoeda bater os US$ 11.600, o ativo registrou seu maior valor de todos os tempos. O feito voltou a se repetir em 2019, quando o ativo ultrapassou essa barreira chegando aos US$ 14.000.


Contudo, outro fato que corrobora com uma corrida de touro mais coesa é o fato do aumento não estar sendo impulsionado pelo mercado futuro. De acordo com dados da Skew, menos de US$ 20 milhões foram liquidados em contratos futuros durante o aumento. Assim, quanto menor a interferência do mercado futuro na valorização do ativo, mais estável e fundamentalmente forte será a tendência de alta. 


Fonte: bitnoticias

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo