• Investe Mais

Bitcoin só ficou acima dos US$ 15 mil em 20 dias de sua história

O Bitcoin ultrapassou recentemente a marca de US$ 15 mil e animou entusiastas em todo o mundo.


De fato, é uma valorização é um marco muito importante para a principal criptomoeda do mercado. Isso porque, ao longo da sua história, o Bitcoin teve apenas 20 dias com subidas iguais ou superiores a esta.


O entusiasta do Bitcoin Pablo Wasserman foi um dos que levantou a questão em sua conta no Twitter, onde compartilhou suas estatísticas.


Em um tuíte ele apresentou um gráfico que mostra os dias que o BTC esteve na faixa de US$ 15.000 antes da data atual. Além disso, indica a porcentagem que esses dias representam na trajetória do Bitcoin.


De acordo com os cálculos apresentados, esses 20 dias em que o preço da BTC esteve acima de US$ 15 mil representam de 0,46% da ”vida” da criptomoeda.


O gráfico mostra que o BTC atingiu US$ 15.000 por volta de 7 de dezembro de 2017. Assim, permaneceu nessa faixa por alguns dias em meio a algumas oscilações.


Portanto, essa foi a época da recuperação mais significativa da criptomoeda. Foi também nesse período que o preço do BTC atingiu o maior recorde de US$ 20 mil. No entanto, após essa máxima histórica, o Bitcoin não voltou a ser negociado com esses valores.


Depois de 2017, a criptomoeda começou a diminuir gradualmente, caindo para US$ 3.000 no final de 2018. Posteriormente, os aumentos mais importantes levaram o preço a picos de até US$ 12 mil em 2019 e, até agora, em 2020.