• Investe Mais

Bittrex é a 11ª empresa a interromper negociação de Ripple (XRP)

A Bittrex anunciou que removerá o XRP. A decisão vem uma semana depois que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) acusou a Ripple Labs de levantar US$ 1,3 bilhão com a venda de títulos não registrados.


O valor de mercado da XRP caiu 66% desde que a SEC anunciou o processo, em 22 de dezembro. O XRP está sendo negociado a US$ 0,20.


Bittrex é a décima primeira empresa a remover ou suspender a negociação de XRP; Coinbase, OKCoin, Beaxy, Galaxy Digital, B2C2, Bitstamp, Jump Trading, Bitwise, CrossTower e OSL fizeram anúncios semelhantes.

“A Bittrex removerá os mercados de XRP na sexta-feira, 15 de janeiro de 2021 às 16h (horário do Pacífico)”, disse em um comunicado divulgado hoje.
“Até novo aviso, os clientes continuarão a ter acesso à sua carteira XRP na Bittrex depois que os mercados forem removidos. Quaisquer outras atualizações serão fornecidas através do Twitter e / ou Suporte ao Cliente.”

O processo da SEC alega que Ripple levantou US$ 1,3 bilhão em XRP por meio de vendas de títulos não registrados desde 2013 – e continua a fazê-lo. A Ripple Labs continua a negar as acusações e em uma nova declaração disse:

“A SEC introduziu mais incerteza no mercado, prejudicando ativamente a comunidade que deveria proteger. Não é nenhuma surpresa que alguns participantes do mercado estejam reagindo de forma conservadora como resultado. ”

Fundada em 2014 em Seattle, Washington, pelos engenheiros de segurança cibernética Bill Shihara, Richie Lai e Rami Kawach, a Bittrex oferece pares de negociação de XRP com BTC, ETH, USDT e USD. Antigamente a empresa era conhecida por negociar quase todas as moedas em sua plataforma.


A corretora entrou em conflito com o estado de Nova York em abril de 2019, quando perdeu sua licença para vender “moeda virtual” e teve que se ajustar.


Fonte: portaldobitcoin

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo