• Investe Mais

Mais da metade dos investidores nos EUA estão interessados no Bitcoin

A Grayscale, um dos maiores fundos de criptomoedas do mundo, apresentou uma pesquisa com dados incríveis sobre o bitcoin nos Estados Unidos.


Segundo dados da empresa, mais da metade dos investidores no país estão interessados em investir no btc e em produtos correlatos. Em 2020, 55% dos entrevistados expressaram interesse na moeda digital, em contraste, apenas 36% tinham interesse em 2019.

 

Entre aqueles que já investiram em bitcoin, 83% fizeram nos últimos 12 meses. E o mais curioso é que surpreendentes 38% dos novos compradores chegaram nos últimos 4 meses. E essa leva de novos investidores chegou após o começo da pandemia.


Nesse sentido, pesquisa também mostrou que 63% dos investidores disseram que o vírus e suas ramificações impactaram na tomada de decisão para comprar bitcoin.


O vírus teve efeito positivo no apelo da criptomoeda, principalmente para jovens investidores. 

“Em agosto de 2020, os analistas do JPMorgan descobriram que alguns investidores de varejo, particularmente investidores mais jovens, criaram excesso de liquidez no Bitcoin em resposta à pandemia.
Quando questionados se a pandemia tornou os produtos de investimento em Bitcoin mais ou menos atraentes para eles, três vezes mais investidores indicaram que o COVID-19 havia aumentado o apelo do Bitcoin do que aqueles que relataram que a pandemia havia diminuído seu interesse nele”, afirmou a pesquisa.

Além disso, a principal moeda digital se recuperou rapidamente do grande crash do mercado financeiro em março, quando as notícias sobre a pandemia colocaram em pânico os mercados.


No dia 14 de março, o btc chegou a ser cotado por US$4.000 na Bitmex, hoje a criptomoeda já vale US$13 mil. A rápida recuperação consolidou o BTC como um ativo forte mesmo em tempos incertos e atraiu novos investidores.


Fonte: cointimes