• Investe Mais

Mineradores de Bitcoin lucraram US$ 353 milhões em outubro

O Bitcoin com certeza está em um bom momento com o seu preço indo para novos recordes anuais e para alguns dos valores mais altos em toda a sua história. Mas muito além da ação de preço, há diferentes outros valores que precisamos analisar no dia a dia da moeda, o lucro dos mineradores também é uma delas e atualmente esse dado está em crescimento.


Há não muito tempo tivemos o halving do Bitcoin, que cortou pela metade a recompensa de mineração, isso é considerado um bom desenvolvimento para a rede, mas depende do preço do Bitcoin para manter o interesse dos mineradores e a blockchain continuar segura. Sem lucro, as máquinas são desligadas e o poder de mineração acaba caindo. Mas a recente alta no valor do bitcoin deu um fôlego para o setor de mineração.


Nem tudo é positivo para rede, já que boa parte do lucro não veio apenas do aumento no preço, mas também vieram das taxas de transação. Enquanto isso pode ser um bom sinal, já que mais pessoas estão utilizando a rede, também é preocupanto, pois, taxas muito altas podem afastar investidores usuários.


Mineradores de Bitcoin lucraram US$  353 milhões em outubro


De acordo com dados do Coindesk Research, durante o mês de outubro houve um aumento considerável no lucro por parte dos mineradores. O aumento em relação a outubro foi de 8%, alcançando os US $ 353 milhões. O valor ainda é mais baixo que em outros períodos, no entanto, foi muito influenciado pelo recente aumento de preço, com o subsídio pela mineração garantindo a maior parte do lucro.


Vale notar que que US $ 42.9 milhões do lucro dos mineradores de Bitcoin vieram das taxas da rede, cerca de 12% do lucro total. Essa é a porcentagem mais alta desde janeiro de 2018, quando o Bitcoin ainda estava em seu auge.


Com a alta do Bitcoin também veio um aumento no uso da rede e das transações, o que acabou causando um engarrafamento, tempos de espera de confirmação maiores e taxas alcançando o US$ 13.45 no final da semana.


Essa é o pior congestionamento do Bitcoin em cerca de três anos e o lucro com base nas taxas vem aumentando desde abril, quando o halving passou a ter efeito. Isso, no entanto, não é um sinal de que a rede está com problemas, mas com certeza cria um inconveniente para quem quer usar o Bitcoin como moeda de troca.


Fonte: livecoins