• Investe Mais

“Se você não entende de DeFi, melhor não investir”, diz criador do Ethereum

A indústria das Finanças Descentralizadas (DeFi) tem sido um dos pontos mais badalados do criptomercado em 2020. Alguns projetos já registram histórias incríveis de valorização e queda. Acima disso tudo, o DeFi representa ainda um caso de uso de alta importância para o Ethereum, para quem entende, é claro.


Antes da ascensão do DeFi, o Ethereum estava lutando para encontrar um propósito, já que o desenvolvimento de dApps ainda não decolou. Além disso, a moeda certamente não podia concorrer contra o Bitcoin como uma reserva de valor.


Agora, com cada vez mais projetos de DeFi, que tem como base o Ethereum, a segunda maior criptomoeda voltou a ser destaque. Esse movimento levou até a uma alta no preço da Ethereum, que supera dois anos de baixa e volta a valorizar.


No entanto, para o próprio criador do Ethereum, Vitalik Buterin, se você não entende a tecnologia, é melhor ficar de fora desse novo boom.


Advertência para iniciantes: se não entende de Defi, não invista ainda


Como notado pelo portal de notícias Cryptoslate, o número de pessoas interagindo com contratos DeFi na rede Ethereum cresceu exponencialmente nos meses recentes. Além disso, diferentes projetos ganharam muita popularidade, como é o caso da LINK, que se tornou a 5.ª maior criptomoeda em valor de mercado na última semana.


A principal força por trás desse aumento de interesse está no Yield Farming, que é basicamente ganhar com juros ao emprestar suas criptomoedas. A prática tem se tornado muito lucrativa com os novos protocolos de DeFi.


Mas apesar das possibilidades de ganhos, ainda é um investimento de risco e, querendo ou não, todo cuidado é pouco na hora de colocar seus ativos digitais em algum protocolo do tipo, como afirma o próprio criador do Ethereum.

“Lembrete: Você NÃO precisa participar na ‘última novidade do DeFi’ para fazer parte do Ethereum. Na verdade, a menos que você *realmente* entenda o que está acontecendo, é melhor que você fique de fora ou participe apenas com pequenos valores.”

DeFi pode ser uma bolha?


O DeFi ainda é um conceito muito novo dentro do criptomercado, e como toda novidade, o setor chama bastante a atenção, mas levanta muitas dúvidas. Por enquanto temos bilhões de dólares entrando no setor e em seus muitos protocolos, e essa movimentação inicial está sendo o grande responsável pelo lucro através do Yield Farming.


Já vimos algo muito parecido com o que aconteceu com a febre das ICOs (Ofertas Inicias de Moedas) em 2017, após a máxima histórica do Bitcoin. Da mesma forma, as Finanças Descentralizadas podem, eventualmente, perder a força.

Em uma entrevista para o podcast de Laura Shin, Buterin alertou sobre como o DeFi pode acabar ficando sem força para gerar tantos lucros e como alguns projetos podem causar grandes prejuízos.

“É algo de curto prazo. Uma vez que esses lucros desapareçam, poderemos ver que as taxas de juros vão cair para perto de 0%. Isso não é algo que fará o DeFi quebrar, mas é sinal de que isso não deve ser algo que deveríamos estar apresentando para o mundo todo (por enquanto).”

A dica para quem não entende o conceito de DeFi então é estudar, pois, os riscos são altos.


Fonte: livecoins

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo